Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Hedonismo’ Category

Nunca fui fã do programa Pânico na TV. Para falar a verdade, nunca assisti um episódio sequer; o tipo de entretenimento a que se propõem não me atrai e prefiro usar meu precioso tempo jogando videogames ou assistindo anime. Por isso, não dei muita bola quando fiquei sabendo que eles “invadiram” o funeral da Amy Winehouse, já que fazem isso o tempo todo e, aparentemente, seu público acha isso muito engraçado. Mas, desta vez, críticas e mais críticas começaram a pipocar, alegando que eles teriam “faltado com respeito” pela falecida. Acho isso curioso, por dois motivos: primeiro, a morte de qualquer celebridade já é um circo de qualquer maneira, explorado até a medula por todos (tanto que até venderam ingresso pro funeral do Michael Jackson) e ninguém acha isso errado; segundo, todos batem palmas quando eles fazem o mesmo em outros eventos, muitas vezes constrangendo diversas pessoas, mas se ofendem se o alvo é alguém que já está morto e, nessa condição, se importa bem menos com a brincadeira do que as vítimas vivas. (mais…)

Read Full Post »

Como todo bom hedonista, eu aprecio a boa comida. Há poucas coisas que eu não gosto de comer, certas combinações de sabores ou modos de preparo que não me agradam. Mas, no geral, não posso dizer que sou gordo à toa. Por isso, resolvi usar este espaço para colocar algumas receitas, tanto minhas quanto encontradas por aí. Mas nada “saudável” ou “sustentável” ou qualquer outra coisa que acabe com o sabor da comida; o que você vai encontrar aqui engorda e causa infartos. (mais…)

Read Full Post »

Um ditado muito popular, principalmente nos Estados Unidos, é o “no pain, no gain”. Em uma tradução livre, significa algo como “sem sacrifícios não há lucro” ou “o sofrimento é necessário para se alcançar objetivos”. De fato, nada vem de graça na vida; para se conseguir algo, precisamos nos esforçar para tal. O problema é quando as coisas se confundem, e as pessoas passam a acreditar que “more pain, more gain”, ou seja, quanto mais sofrimento elas forem capazes de agüentar, maiores serão os seus ganhos no final. (mais…)

Read Full Post »

Prazer e Felicidade

Alguns críticos do hedonismo dizem que a felicidade não pode ser ativamente procurada: a partir do momento em que alguém se preocupa em conseguir a felicidade, ele se condena a nunca conquistá-la, pois a felicidade só pode ser alcançada indiretamente. Por exemplo, um filatelista não estaria ativamente procurando alcançar a felicidade, mas se sentiria feliz ao cuidar de sua extensa coleção de selos. O problema com esse argumento é que felicidade e prazer não são a mesma coisa. (mais…)

Read Full Post »

Tem duas coisas nas quais eu não economizo dinheiro: comida e conforto. Se posso pagar um pouco a mais para ter algo de qualidade, não faz o menor sentido adquirir um produto inferior. É claro que essa lógica se aplica somente até certo ponto; eu nunca compraria um iPhone, por exemplo, porque acho que seu custo não é compatível com o benefício em se ter um. Qual seria, então, o limiar entre qualidade e preço? Qual a fórmula para decidir entre comprar o mais barato ou o mais caro? (mais…)

Read Full Post »

A Regra 32

Em Zombieland, o protagonista tem um conjunto de regras para sobreviver em um mundo infestado por zumbis. A última delas, que ele adiciona no decorrer do filme, é a que eu considero mais importante, e não só em caso de apocalipse, mas em todos os momentos da vida – Regra 32: Aproveite os pequenos prazeres. (mais…)

Read Full Post »

O valor do dinheiro

Um dos meus maiores problemas (e eu tenho muitos) é a incapacidade de guardar dinheiro. Na minha idade, a maioria das pessoas na minha situação – solteiro e sem filhos – já tem algum patrimônio acumulado, seja uma casa, um carro, uma poupança. Mas eu simplesmente não consigo separar uma quantia por mês, colocar em uma aplicação qualquer e deixar lá. Se sobra algum no fim do mês, lá vou eu pro eBay comprar mais um jogo, mais um action figure, mais um upgrade pro computador. (mais…)

Read Full Post »

Older Posts »